terça-feira, julho 26, 2011

Sonhos e amores

Sonhos e amores
passados e pudores
Medos e horrores
Saidas e rubores

Ficamos crianças
quando o amor chega
birrento, intriguento
joga baixo, mas joga lento

Ele controla
aprisiona, cega
ensurdece
Dá medo, pavor
pânico, terror

Como pode, não me domino
Eu me abomino
não controlo
me esfolo
caiu de cara
fora da baía...

Entrada sem saída
Avião sem asa
fogo com brasa.
Mundo em forma de coração.

Um comentário:

Komano ~~ Sifioni disse...

parabéns, mt lindo!