sexta-feira, setembro 25, 2009

Espera

Se tudo o que pudéssemos prever
Dependesse de uma pequena espera
Um amor, uma dor, uma saudade,
Dependesse somente de uma espera

Esperei ser grande
Grande como os desenhos que assistia
Depois da escola na espera
De chegar em casa

Se tudo dependesse de uma simples espera
Esperar chegar
Esperar passar o tempo
Esperar se forte ou frágil o suficiente
Uma espera

Esperar ultrapassar limites
Pontos, vírgulas, travessões e parágrafos.
Se a vida já é uma espera
Esperar faz parte dela

Esperar perder ou ganhar
Esperar estar ou ficar
Esperar viver ou morrer
Esperar sentir ou esvaziar

Quem espera sempre alcança
E a pressa é o terror do tempo
Faz querer mais possuir mais
Esperar deixar a vida levar
Talvez seja esta a espera mais sábia
Porque esperar com o tempo
O contratempo
É esperar sem resguardar
Sem medo preconceitos

É esperar as espera
De um acontecimento
E olhar a vida mais devagar
Com a sabedoria do idoso
Que sempre espera o corpo dar sua reação
Para responder com a simples ação.

Um comentário:

kristof disse...

Belos poemas
Lindos pensamentos
Mergulhei nos seus sonhos
Imerso No espelho d’água
Refletia a estrela do mar